(786) 797-6302 (Cesar) (305) 546-9117 (Suzanne) info@photographybycesarandsuzanne.com

In fact, being a Brazilian photographer in Miami does not make me very different from other photographers of this city. Most of them come from other Latin American countries, the city has a strong Latin flavor, including for its semi-tropical climate.
Living here for 20 years I feel at home, and I know the city, its parks, beaches, tourist areas, and everything else worth knowing and shooting in Miami.
The difference is that more and more Brazilian tourists come to me for family photos, engagement, honeymoon, pregnancy and portraits to be placed on social networks. Miami has become the place of preference for Brazilian vacationers. Those with better economic condition buy apartments or houses here, or Fort Lauderdale or above in Orlando.
But the fort of my work with Brazilians is with tourists. These people ask me to take them to the most beautiful places in the city and this is a job that I really like to do: shoot at the same time that I show the city for the Brazilian tourist.
I will give some examples.
About two months ago a lady from Santa Catarina, pregnant, wrote saying she wanted to make pregnancy photos in the park that I considered the most beautiful of Miami. I had no doubt. “Let’s do the photos on Greynolds Park,” I replied. Greynolds Park is in the north of Miami, near the city of Aventura. There are many types of landscapes that make up an exceptional background for photos there. It has a small hill which, historians say, was a sambaqui in the times of the Tequesta tribe. Moreover, it has a beautiful stone house, a covered wooden bridge, the river Oleta, thousands of beautiful trees, a stone bridge…
She came to Miami with her husband two weeks ago and was very pleased with her photos on Greynolds Park. The day was beautiful, at a temperature of 22 ° C, and the morning light helped a lot in the photos.
A Brazilian who lives in Miami came to me a few days before the arrival of his bride from Brazil. They wanted photos to use in their wedding party, which will take place in Sao Paulo in June. I told them of the Bill Baggs Park lighthouse in Key Biscayne. They liked the idea, but also wanted to make pictures in the Vizcaya Museum and Gardens. We arrived early at the lighthouse and found a wonderful yellow light coming from the sea, and then we went to Vizcaya. For those who do not know, Vizcaya is a piece of Italy in Miami. The mansion by the sea recalls the palaces of Venice, and the gardens are a dream. The photos were great and they’ve already sent me the video with the photos.
I always warn the customers in advance about the ticket prices in the Bill Baggs Park and Vizcaya. Bill Baggs entrance is cheap: US$ 10.00 for the car and its passengers. Entrance to Vizcaya is more expensive: US$125.00 for a group of up to five people. Vizcaya is expensive but worth it. You can shoot everywhere except inside the mansion. Still more expensive is to shoot at  The Biltmore Hotel in Coral Gables. Around US$300.00. The hotel is beautiful, the pool has an international reputation, and will depend on the client’s budget to opt ​​for the Biltmore.
On the other hand, shooting in front of the beautiful graffitis at Wynwood is free. This neighborhood that grows exponentially in importance for its murals, art galleries and restaurants, is the point of Miami that looks like Greenwich Village in New York.
But there are other areas of Miami hips for good photography, such as the Design District and Mid-Town. Not to mention of South Beach.
I really love to shoot in Miami.

Website_Cesar

 

Na verdade, ser um fotógrafo brasileiro em Miami não me faz muito diferente dos outros fotógrafos desta cidade. A maioria deles vem de outros países da América Latina, a cidade tem um sabor latino forte, inclusive por sua natureza semi-tropical.
Vivendo aqui por 20 anos sinto-me em casa, e conheço bem a cidade, seus parques, praias, áreas turísticas, e tudo o mais que vale a pena conhecer e fotografar em Miami.
A diferença é que cada vez mais turistas brasileiros me procuram para fotos de família, noivado, lua-de-mel, gravidez, e também portraits para serem colocados nas redes sociais. Miami tornou-se o lugar de preferência para férias dos brasileiros. Os que têm melhor condição econômica compram apartamentos ou casas aqui, ou em Fort Lauderdale, ou mais acima em Orlando.
Mas o forte de meu trabalho com brasileiros é com turistas. Essas pessoas me pedem para levá-los aos lugares mais bonitos da cidade e este é um trabalho que realmente gosto de fazer: fotografar ao mesmo tempo que mostro a cidade para o turista brasileiro.
Vou dar alguns exemplos.
Há uns dois meses uma senhora de Santa Catarina, grávida, escreveu dizendo que queria fazer fotos de gravidez no parque que eu considerava o mais bonito de Miami. Não tive dúvidas. “Vamos fazer as fotos no Greynolds Park”, respondi. O Greynolds Park fica no norte de Miami, perto da cidade de Aventura. Ali se encontram diversos tipos de paisagens que compõem de forma excepcional as fotografias. Inclusive, o que não é comum em Miami, tem um pequeno morro, que, dizem os historiadores, era um sambaqui do tempo da tribo Tequesta. Além disso, tem uma linda casa de pedra, uma ponte de madeira coberta, o rio Oleta, milhares de árvores bonitas, uma ponte de pedra…
Ela veio a Miami com seu marido há duas semanas, e ficou muito satisfeita com suas fotos no Greynolds Park. O dia estava belíssimo, temperatura de uns 22ºC, e a luz da manhã ajudou muito nas fotos.
Um brasileiro que vive em Miami me procurou alguns dias antes da chegada de sua noiva. Eles queriam fotos para serem usadas na sua festa de casamento, que ocorrerá em São Paulo no mês de junho. Falei-lhes do farol do Bill Baggs Park, em Key Biscayne. Eles gostaram da ideia, mas quiseram também fazer fotos no Vizcaya Museum and Gardens. Chegamos no farol cedo e encontramos uma luz maravilhosa vindo do mar, e depois fomos para Vizcaya. Para os que não conhecem, Vizcaya é um pedaço da Itália em Miami. A residência à beira mar lembra os palácios de Veneza, e os jardins são um sonho. As fotos ficaram ótimas e eles já me mandaram o vídeo que fizeram com algumas delas.
Sempre aviso aos clientes com antecedência o preços de ingressos no Bill Baggs Park e em Vizcaya. O Bill Baggs até que é barato: $10.00 para o carro e seus passageiros. O ingresso em Vizcaya é bem mais caro: $125.00, para um grupo de no máximo cinco pessoas. Vizcaya é caro mas vale a pena. Pode-se fotografar por toda parte, menos dentro da mansão. Mais cara ainda é a permissão para fotografar no hotel The Biltmore, em Coral Gables. Em torno de US$300.00. O hotel é lindíssimo, sua piscina tem fama internacional, e dependerá do orçamento do cliente optar pelo Biltmore.
Por outro lado, fotografar defronte aos belos grafites de Wynwood é grátis. Esse bairro que cresce exponencialmente de importância pelos seus murais, galerias de arte e restaurantes, é o point de Miami que se parece ao Greenwich Village de Nova York.
Mas há outras áreas hips de Miami para boa fotografia, como o Design District and Mid-Town. Isso sem falar de South Beach.
Eu realmente adoro fotografar em Miami.